A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) desencadeou, nas últimas semanas, uma investigação através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional XI/Évora, após uma denúncia telefónica sobre a presença de uma pessoa do sexo feminino a fazer-se passar por inspetora num estabelecimento de restauração e bebidas, no sentido de se apurar a veracidade dos factos.

Como resultado da investigação, foi identificada uma cidadã, que se fazia passar por Inspetora da ASAE, procedendo a visitas a estabelecimentos de restauração e bebidas do distrito de Évora, com o objetivo de atemorizar os respetivos proprietários e funcionários, com alegadas visitas da ASAE para daí recolher proveitos em termos da sua área de negócio.

Na sequência foi instaurado um processo-crime pela prática do crime de Usurpação de Funções e a Constituição como arguido e sujeição a Termo de Identidade e Residência da suspeita.

A ASAE alerta e apela a que, sempre que aconteçam situações similares, que os lesados de imediato contatem este Órgão de Polícia Criminal ou as Autoridades locais a fim de poderem ser tomadas as necessárias diligências.

Fonte: Nota de Imprensa / ASAE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here