Aconteceu no dia 9 de agosto, a inauguração ao público do Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte.

Na presença de várias individualidades, que contribuíram para a concretização deste espaço, foi descerrada a placa evocativa do centro, seguida de um momento musical, com Rui Moura, e uma visita guiada ao espaço. 

No âmbito do Plano de Valorização e Salvaguarda da Produção do Figurado em Barro de Estremoz, do projeto da Candidatura à Lista Representativa de Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO, foi prevista a efetivação deste Centro Interpretativo e este espaço resulta do êxito da Candidatura e do projeto de Valorização e Salvaguarda que o enquadra.

O objetivo principal do Centro Interpretativo passa por se colocar o foco no presente e futuro do Boneco de Estremoz, com uma exposição idealizada para ser dinâmica nos conteúdos e na apresentação do figurado, dando  destaque aos produtores, no fundo os grandes protagonistas desta história multisecular. 

Na exposição permanente, de modo inovador, foi criado um espaço onde o visitante individual pode experimentar modelar uma figura ao modo de Estremoz. Desta forma, para além do conhecimento teórico, o visitante terá assim oportunidade de conhecer pela prática a especificidade da tradição que é hoje Património da Humanidade.

No piso térreo a valência é inteiramente dedicada à área educativa, desde sempre a grande aposta do Museu Municipal Prof. Joaquim Vermelho.

O espaço pode ser visitado de terça-feira a domingo, das 09:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30 horas, tendo entrada gratuita até final do mês de outubro de 2021.

Fonte: Câmara Municipal de Estremoz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here