Alentejo Hoje

Reunião de trabalho decorreu em Reguengos de Monsaraz

Associação Transfronteiriça Lago Alqueva prepara candidatura aos Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos

12 Janeiro 2018 | Fuente: Município de Reguengos de Monsaraz

A ATLA – Associação Transfronteiriça Lago Alqueva reuniu no dia 11 de janeiro no auditório da Biblioteca Municipal de Reguengos de Monsaraz para a apresentação dos Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE) e definição de uma estratégia de eficiência coletiva para a implementação de projetos que desenvolvam o recurso endógeno Alqueva em todas as suas valências. A reunião de trabalho teve a presença dos municípios associados na ATLA, da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-A), Turismo do Alentejo ERT, instituições de ensino superior, associações e agentes económicos da região.
O território de intervenção dos PROVERE contempla os municípios portugueses da ATLA em torno do Lago Alqueva (Alandroal, Barrancos, Moura, Mourão Portel, Serpa, Reguengos de Monsaraz, Vidigueira e Viana do Alentejo) e restantes municípios do espaço Alqueva influenciados pelo recurso endógeno Alqueva. Na reunião, a CCDR-A apresentou os PROVERE enquanto estratégia de valorização económica de base territorial, dirigido especificamente para espaços de baixa densidade, com o objetivo de fomentar a competitividade desses espaços através da dinamização de atividades inovadoras e fundamentadas na valorização de recursos endógenos do território e tendencialmente inimitáveis.
Durante a sessão foram também abordados os objetivos e tipologias de ação previstas na prioridade de investimento, o apoio à elaboração e acompanhamento das estratégias de valorização económica, as estratégias de marketing e de animação territorial, a criação de redes locais de promoção do conhecimento e inovação assentes numa lógica de recriação de produtos endógenos, conceção de novos produtos, design e marketing inovador para produtos locais. A CCDR-A sublinhou ainda as especificidades do aviso dos PROVERE no que diz respeito à identificação de projetos âncora e projetos complementares.
José Calixto, presidente da ATLA, afirma que “os objetivos estratégicos da associação visam o desenvolvimento de uma candidatura aos PROVERE para valorizar as fileiras do turismo e da agricultura, a inovação, transformação e comercialização, a qualificação do território, a capacitação e formação dos agentes do território, a valorização de recursos territoriais e de base local, a animação e dinamização, a comunicação e o marketing territorial”. José Calixto diz ainda que “a assunção de uma estratégia de base territorial, a constituição de um consórcio com diferentes agentes públicos e privados e a garantia de uma gestão e coordenação, foram alguns dos aspetos considerados por todos como uma enorme mais valia para a alavancagem do território”.
A ATLA – Associação Transfronteiriça Lago Alqueva foi criada em 2005 e é constituída pelos municípios de Alandroal, Moura, Mourão, Portel, Reguengos de Monsaraz, Barrancos, Viana do Alentejo, Vidigueira e Serpa, e pelos ayuntamientos de Alconchel, Cheles, Olivença e Villanueva del Fresno.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.alentejohoje.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.alentejohoje.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.