Alentejo Hoje
Twitter rectangular

Centro de Saúde de Reguengos de Monsaraz vai ter dentista e terapeuta da fala

12 Abril 2017 | Fuente: Nota de imprensa - Município de Reguengos de Monsaraz

O Centro de Saúde de Reguengos de Monsaraz vai ter um gabinete de estomatologia e um gabinete de terapia da fala. O protocolo entre o Município de Reguengos de Monsaraz e a Administração Regional de Saúde do Alentejo foi assinado ontem no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Reguengos de Monsaraz e ratificado pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado. O documento tem também como objetivo a manutenção das especialidades de fisioterapia, psicologia e dietética, que a autarquia já assegurava nesta unidade de saúde.
O gabinete de estomatologia terá um higienista oral e um médico dentista e visa a promoção, prevenção e tratamento das doenças orais à população. A autarquia vai investir nas obras de adaptação e no equipamento necessário para o funcionamento deste gabinete, incluindo um equipamento de RX intra-oral, mas também assegurar a contratação e a totalidade dos encargos do dietista, metade dos custos do fisioterapeuta e uma parte do vencimento do terapeuta da fala.
Através deste protocolo, a ARS Alentejo vai requalificar o centro de saúde e dotar os gabinetes de fisioterapia, de psicologia, de estomatologia, da terapia da fala e do projecto de prevenção e combate à obesidade com todos os equipamentos, mobiliário e material necessários ao seu regular e pleno funcionamento. Esta entidade vai ainda suportar os encargos com a contratação do psicólogo, do médico dentista e os custos dos outros técnicos em parceria com a autarquia.
José Calixto, presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, afirmou que “este protocolo vem consolidar o excelente relacionamento que temos tido com a ARS, de fomentar as políticas de proximidade junto da população e de lhe proporcionar mais especialidades no centro de saúde e nas extensões de saúde das freguesias”. O autarca sublinhou a importância da construção do hospital central de Évora, pois “é uma aspiração da região que esperamos ver concretizada no mais curto espaço de tempo”, e anunciou que “como o concelho de Reguengos de Monsaraz tem muita população idosa, pretendemos por isso criar uma comissão de protecção de idosos, tal como já existe a comissão de protecção de crianças e jovens”.
Manuel Delgado, secretário de Estado da Saúde, destacou “que a relação que existe entre o Ministério da Saúde e os municípios é crucial para o desenvolvimento da coesão social no território nacional e sobretudo para o apoio aos cidadãos mais carenciados”. Manuel Delgado disse que “este protocolo que foi assinado com o governo, ao referir-se a cinco áreas de apoio em que o município vai colaborar com o Ministério da Saúde, representa também uma aproximação aos desígnios do atual Ministério da Saúde, pois o governo quer reforçar seriamente a área dos cuidados primários. Desenvolver a colaboração com os municípios é crucial para passar o eixo central de acção dos cuidados de saúde dos hospitais para os cuidados primários”.
José Robalo, presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, afirmou que “este protocolo é a continuação do que já se fazia neste concelho, pois o que pretendemos é que exista proximidade com os utentes em especialidades que estamos a desenvolver e em exames complementares de diagnóstico”. José Robalo considera ainda que “o governo tem intenções de fazer transferências de competências para as autarquias e este é um bom exemplo que defende os superiores interesses da população”.
Depois da assinatura do protocolo, o secretário de Estado da Saúde assistiu no Parque da Cidade a uma aula de ginástica com os grupos dos Seniores a Mexer de Reguengos de Monsaraz e de Perolivas.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.alentejohoje.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.alentejohoje.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.