Twitter rectangular
Alentejo Hoje

Nova Ponte do Albardão melhora acesso rodoviário entre Évora e Reguengos

02 Agosto 2017 | Fuente: Câmara de Évora

Decorreu no dia 31 de Julho, a cerimónia de abertura ao tráfego da Variante do Albardão (entre Évora e Reguengos de Monsaraz) e da nova ponte sobre o rio Degébe. Uma obra concretizada em cerca de um ano e que permite uma significativa melhoria das condições de circulação e de segurança rodoviária naquela zona. É também um importante contributo para o desenvolvimento local como via de ligação aos concelhos de Reguengos e Mourão e ao Empreendimento de Alqueva.

Refira-se que o investimento, da responsabilidade da empresa Infraestruturas de Portugal, cujo custo foi de 2,6 milhões, incluiu a construção de variante à EN256 na zona da Ponte do Albardão (com uma extensão de 2,7 quilómetros) e de uma nova ponte sobre o Rio Degébe, com um comprimento total do tabuleiro de 117,5 metros.

O evento contou com a presença de várias individualidades, entre elas os autarcas de Évora e de Reguengos de Monsaraz, deputados e o Ministro do Planeamento.

Após o descerramento de placa referente a esta data, seguiram-se as intervenções, a primeira destas feita pelo Diretor de Gestão da Rede Rodoviária, Carlos Santinho Horta, que fez a apresentação da obra e realçou a sua importância estratégica.

Seguiu-se o Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, que salientou o valor do trabalho realizado para a melhoria da segurança rodoviária e para o desenvolvimento do turismo na região. Agradeceu ao Governo a resolução da situação e o modo tão célere como sucedeu, considerando igualmente que "é de louvar esta boa despesa pública que aproxima mais Reguengos de Monsaraz de Évora e de Espanha" com os ganhos que isso representa. Considerou ainda que o próximo passo a ser falado entre os autarcas de Évora e Reguengos deve ser a Variante de acesso à IP2, um troço necessário dado os acidentes já aí ocorridos.

"Hoje é um dia muito feliz para a Vendinha, Reguengos e Évora, pois ultrapassámos um dos pontos rodoviários mais negros do distrito ao longo de dezenas de anos", considerou também o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá.

Evidenciando os benefícios que traz esta nova infraestrutura, o autarca destacou a importância da cooperação estabelecida entre a Câmara de Reguengos e a de Évora nesta matéria, defendendo a capacidade de trabalho conjunto em prol do desenvolvimento dos concelhos e do Alentejo. Expressou o seu reconhecimento ao Governo pela obra "que mostra que o investimento público é absolutamente determinante para o desenvolvimento de Portugal" e referiu ainda a necessidade de construção do novo Hospital Central de Évora e da Variante do IP2.

O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, mostrou satisfação pela finalização desta obra e pelo que ela representa para a segurança e qualidade de vida das populações, sendo também uma homenagem aos que aqui pereceram e às suas famílias. Reconheceu o preconceito que houve no passado contra o investimento público, algo que está agora a mudar e apontou uma série de investimentos em preparação.

O Hospital de Évora foi indicado como um dos prioritários e a ligação ferroviária Sines/Caia (contemplando o troço Évora/Elvas) foi igualmente mencionada pelo ministro que anunciou ainda a aposta do Governo na conservação e melhoria da segurança da Rede Rodoviária Nacional. Trata-se de um investimento de 100 milhões de euros nos próximos três anos, sendo as empreitadas lançadas já a partir do mês de Agosto.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.alentejohoje.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.alentejohoje.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.