acerca otoño 2
Alentejo Hoje
Twitter rectangular

Viana do Alentejo

Diretor do Centro de Emprego visita curso de oleiro em Viana

08 Maio 2017 | Fuente: Nota de Imprensa

O Diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional de Évora, José Ramalho, visitou na passada quinta-feira, 4 de maio, o curso de oleiro que está a ser ministrado em Viana do Alentejo. O referido curso conta com a participação de 16 formandos das três freguesias do concelho.
O curso, que começou em abril e tem como formador um dos oleiros de Viana do Alentejo, Feliciano Mira Agostinho, destina-se a adultos e dá equivalência ao 9º ano de escolaridade, numa parceria entre o Instituto de Emprego e Formação Profissional/Centro de Formação Profissional de Évora e o Município de Viana do Alentejo. Uma parceria que, segundo José Ramalho, “aceitámos de braços abertos e que resultou na tentativa de recuperar uma profissão tradicional que está em extinção”. O diretor do Centro de Emprego assegura que o curso é importante, não apenas pela “possibilidade de recuperarmos uma profissão tradicional como é a profissão de oleiro, mas também pela possibilidade de podermos elevar as competências escolares e profissionais de desempregados”.
O curso tem a duração de 14 meses e os 16 formandos estão motivados em aprender a profissão, facto que deixa José Ramalho “muito feliz por, por um lado, corresponder a esta vontade dos formandos e, por outro, verificar que o curso vai de encontro às suas expetativas” e que pode contribuir “para ajudar a melhorar a sua inserção no mercado de trabalho ou, quem sabe, criarem o seu próprio emprego”, assegura.
O ambiente na turma é salutar e em tom de brincadeira os formandos já se intitulam de “oleiros e famosos”.
De salientar que o curso surgiu no âmbito de uma estratégia delineada pelo Município de Viana do Alentejo que alia a tradição à modernidade, valorizando e preservando a identidade cultural do concelho. O município tem vindo a apostar nesta estratégia, desde há alguns anos, com um verdadeiro sucesso no caso do fabrico de chocalhos que foi inscrito como Património Cultural Imaterial com necessidade de salvaguarda urgente pela UNESCO.
Surge agora uma aposta mais forte na olaria tradicional com este curso, pretendendo a continuidade desta arte tradicional. De referir que o Município de Viana do Alentejo faz parte de um conjunto de outros que fará parte da futura Associação Portuguesa das Cidades e Vilas Cerâmicas (AptCC) que tem como objetivo a defesa, valorização e divulgação do património cultural e histórico cerâmico, bem como o intercâmbio de experiências entre os associados, nomeadamente a nível da conservação do património, o estabelecimento de parcerias entre as cidades e vilas com vínculos tradicionais à cerâmica, seja do tipo produtivo, cultural ou de qualquer outro âmbito.

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.alentejohoje.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.alentejohoje.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.