acerca otoño 2
Alentejo Hoje
Twitter rectangular

Portalegre

EVOCAÇÃO DOS 100 ANOS DA GRANDE GUERRA PORTALEGRE/2017

21 Fevereiro 2017 | Fuente: Câmara Municipal de Portalegre

Recentemente, a Câmara Municipal de Portalegre, a Comissão Coordenadora das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial, a Comissão Portuguesa de História Militar e a Liga dos Combatentes/Delegação de Portalegre encetaram contactos para o desenvolvimento de um conjunto de iniciativas que visam a Evocação do Centenário da I Grande Guerra (1914 – 1918), em Portalegre, ao longo do corrente ano, com especial enfoque nos aspetos relacionados com o envolvimento de Portalegre no conflito.
A Evocação visa contribuir não só para a preservação da nossa memória coletiva mas também para a reflexão sobre a participação portuguesa no conflito e, em particular sobre o papel desempenhado pelos soldados portalegrenses.
Foi delineado um calendário de Palestas que possibilita às atuais gerações adquirir e aprofundar conhecimentos sobre a temática e que incide sobre as suas diversas vertentes, nomeadamente a participação de Portugal na I Grande Guerra, O Teatro de Operações Europeu, o Teatro de Operações Africano (Angola e Moçambique), a I Grande Guerra e a Cultura Portuguesa e a I Grande Guerra e as Opiniões Públicas em Portugal. As Palestras decorrerão no Auditório do Museu da Tapeçaria de Portalegre Guy Fino.
Prevê-se a edição duas Publicações sobre o tema, as Atas das Palestras e a Monografia do Regimento de Infantaria 22 de Portalegre.
Está ainda prevista a realização de duas grandes Exposições cuja temática é a I Guerra Mundial:
- “A Falerística na I Grande Guerra”, que decorrerá na Galeria de Exposições Temporárias do Castelo de Portalegre, de 10 de março a 10 de maio, organizada em parceria com o Exército Português.
- “Portugal e a Grande Guerra” que estará patente ao público no Museu Municipal de Portalegre, de 6 de maio a 30 de outubro, organizada em parceria com a Assembleia da República.
De salientar ainda que estão previstas várias Homenagens aos portalegrenses mortos no conflito, organizadas pela Câmara Municipal de Portalegre em parceria com a Liga dos Combatentes e que se prevê a realização de trabalhos de qualificação do espaço envolvente à Oliveira da Paz
A par de todas estas atividades, pretende-se organizar um programa de animação que inclui um Concerto pela Banda da Armada e uma Peça de Teatro alusiva ao tema, pelo Teatro do Convento, ambos a decorrer no Centro de Artes do Espetáculo, e ainda vários apontamentos musicais pelas Associações Culturais de Portalegre.
O Programa de Atividades decorrerá entre março e novembro de 2017

Portalegre e a I Guerra Mundial (1914 – 1918)
Há cem anos atrás, em 1917, Portugal viu-se envolvido na I Guerra Mundial, a qual teve início em 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918.
De Portalegre saíram, para integrar o Corpo Expedicionário Português e combater ao lado dos Aliados, dois Regimentos: Regimento de Infantaria 22 e o Regimento de Artilharia de Montanha nº 5.
O REGIMENTO DE INFANTARIA 22 tinha o seu Quartel-General no Mosteiro de S. Bernardo. Este regimento foi o que sofreu mais baixas mas também o que recebeu maior reconhecimento do seu Mérito e Valor. Graças à sua ação no ataque de 13 de junho, em França foi condecorado com a Cruz de Guerra de 1ª Classe e recebeu um Louvor do Comandante do XI Corpo do Exército Inglês. A bandeira do regimento figurou na parada histórica de 14 de julho de 1918, em Paris (Desfile da Vitória), desfilando à frente do contingente português, que nela tomou parte. O Porta-bandeira era o portalegrense Perestrelo de Alarcão e Silva, Tenente de Infantaria do Regimento de Infantaria 22. Em memória dos Heróis deste Regimento, existe na Fachada do Mosteiro de S. Bernardo, em Portalegre, um Memorial aos soldados mortos em combate.
O REGIMENTO DE ARTILHARIA DE MONTANHA Nº 5 tinha Quartel-general no Convento de S. Francisco. Deste regimento destacou-se o Grupo Misto Independente de Artilharia Montada nº 14 de Portalegre que recebeu as seguintes condecorações: Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito e a Cruz de Guerra de 1ª Classe.
Também o ilustre portalegrense JORGE FREDERICO VELEZ CAROÇO (TENENTE CORONEL) (1870 -1966) desempenhou um papel de relevo durante o conflito, tendo combatido em Angola e Moçambique. Possui numerosas condecorações entre as quais se destacam: Oficial da Ordem da Torre e Espada com Palma, Comendador da ordem de Avis, Oficial da Ordem de Cristo, Grande Oficial da Ligião de Honra, para além de diversas medalhas alusivas às campanhas em África. Algumas destas insígnias encontram-se expostas no Museu Municipal da cidade.
Portalegre tem, ao longos dos anos, tentado preservar esta memória, que faz parte integrante da sua identidade e tem, simultaneamente homenageado os heróis do Distrito que lutaram e deram a vida pela sua Pátria.
Em 14 de Julho de 1919 foi plantada em Portalegre, no Jardim da Avenida da Liberdade, a Oliveira da Paz que, simbolicamente, assinala o fim do conflito.
Em 11 de Novembro de 1935 (décimo sétimo aniversário do armistício) é inaugurado, no Rossio de Portalegre, o Monumento aos Mortos da I Guerra Mundial (1914 -1918), cuja estátua, da autoria de Henrique Moreira, resulta de um desenho do General Lacerda Machado que, em 1920, comandou o Regimento de Infantaria 22.
Anualmente, a Liga dos Combatentes evoca, junto ao Monumento aos Mortos da I Guerra Mundial, a 9 de abril, a Batalha de La Lys e a 11 de novembro, o Dia do Armistício que assinala o fim simbólico da I Grande Guerra (1914-1918).

PROGRAMA

03 de Março (6ª feira)
AUDITÓRIO DO MUSEU DA TAPEÇARIA DE PORTALEGRE GUY FINO
17H30 – Palestra “ Portugal na Grande Guerra: Uma Beligerância Contestada”, proferida pelo Professor Doutor António Telo.

10 de Março (6ª-feira)
AUDITÓRIO DO MUSEU DA TAPEÇARIA DE PORTALEGRE GUY FINO
17H00 – Apresentação do Estandarte e da Monografia do Batalhão de Infantaria 22 de Portalegre, apresentada pelo Major-General Carlos Perestrelo, que será precedida pela inauguração da exposição “ Falerística na Grande Guerra” na Galeria de Exposições Temporárias do Castelo de Portalegre pelas 16H00 e patente ao público entre 11 de Março e 10 de Maio.

02 de Abril – (Domingo)
CENTRO DE ARTES E ESPETÁCULOS DE PORTALEGRE
21H00 – Concerto pela Banda da Armada dirigida pelo Capitão-Tenente Coelho Gonçalves.

09 de Abril – (Domingo)
MONUMENTO AOS MORTOS DA GRANDE GUERRA
Evocação, pela Liga dos Combatentes, do Dia do Combatente e da Batalha de La Lys.

04 de Maio – (5ª feira)
AUDITÓRIO DO MUSEU DA TAPEÇARIA DE PORTALEGRE GUY FINO
17H30 – Palestras: “ Portugal na Grande Guerra: O Teatro de Operações Africano”
- O Teatro de Operações de Angola – Major Vitor Lourenço Borges
- O Teatro de Operações de Moçambique – Coronel Lemos Pires
Moderador – Major-General Aníbal Alves Flambó

06 de Maio – (sábado)
MUSEU MUNICIPAL DE PORTALEGRE
17H00 – Inauguração da Exposição “ Portugal e a Grande Guerra”, organizada pela Assembleia da República.
18H00 – Palestra “ A Grande Guerra e a Cultura Portuguesa” proferida pelo Professor Doutor António Ventura
Momento Musical pelo Grupo Coral “CAEPVOICES”

08 de Junho – (5ª feira)
AUDITÓRIO DO MUSEU DA TAPEÇARIA DE PORTALEGRE GUY FINO
17H30 – Palestra, “ Portugal na Grande Guerra” o Teatro de Operações Europeu, proferida pelo Coronel Américo Henriques

14 de Julho – (6ª feira)
MOSTEIRO DE SÃO BERNARDO
16H00 – Deposição, com Honras Militares de coroa de flores junto ao Memorial dos Mortos da Grande Guerra.

JARDIM DA AVENIDA DA LIBERDADE
16H 45 - Inauguração dos trabalhos de qualificação da “Oliveira da Paz”.

MOSTEIRO DE SÃO BERNARDO
AUDITÓRIO DO MUSEU DA TAPEÇARIA DE PORTALEGRE GUY FINO
17H30 – Palestra “ Portugal, os Portugueses, as Opiniões Públicas e a Guerra de 1914-1918”, proferida pelo Coronel Mira Vaz.

03 de Novembro – (6ª feira)
CENTRO ARTES E ESPETÁCULO DE PORTALEGRE (PEQUENO AUDITÓRIO)
10H30 - Peça de Teatro “Memórias de Deolinda” um exercício sobre a Guerra pelo Teatro do Convento.
Público – alvo: Alunos do 3º ciclo, ou maiores de 12 anos (mediante inscrição prévia caepatendimento@gmail.com ou tel. 245 307 498

11 de Novembro – (sábado)
EVOCAÇÃO, PELA LIGA DOS COMBATENTES, DO 99º ANIVERSÁRIO DO ARMISTÍCIO:
CEMITÉRIO DE PORTALEGRE
09h00 - Romagem ao Talhão dos Combatentes

MONUMENTO AOS MORTOS DA GRANDE GUERRA
11h00 - Cerimónia de Homenagem aos mortos da Grande Guerra

Opinião dos nossos leitores

Dê-nos a sua opinião

Incorrecto
NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

NORMAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.alentejohoje.com reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.alentejohoje.com

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.