As novas CRF250R e CRF250RX de 2022 são as “joias da coroa” da mais recente atualização da família off-road de modelos Honda CRF, vencedora de diversos campeonatos este ano.

No seguimento das últimas atualizações da CRF450R e da CRF450RX, onde estes dois modelos receberam melhorias substanciais ao nível das suspensões e dando assim continuidade em 2021 ao conceito de “A Melhor Capacidade de Curvar”, as CRF250R e CRF250RX de 2022 herdaram também vários dos avanços técnicos recentes daqueles modelos de maior cilindrada, com vista a dotá-las de uma capacidade ainda mais fácil para pilotos de todos os níveis, na procura incessante de menores tempos por volta.

Agora, a CRF250R de 2022 usa o quadro e também o braço oscilante do modelo pluri-vencedor do campeonato de MXGP, a CRF450R de 2021, para além de ter recebido uma ampla gama de atualizações no motor, uma nova embraiagem de 9 discos, revisões pormenorizadas ao nível das suspensões e menos 3 kg de peso.

Os motores dos modelos de 2022 tiram partido das extensas revisões na admissão e no escape, agora bastante mais eficientes, para além da maior capacidade da caixa do filtro do ar, injetores de combustível com novo ângulo, novo comando das válvulas, porta de escape “descendente e a direito” e um novo sistema de escape mais leve com uma só panela. A potência do motor passa por uma nova embraiagem de 9 discos, desenvolvida para melhorar a robustez e a sensação (com uma ação mais leve na manete), numa caixa de relações revistas. O efeito geral destas alterações no motor é uma melhoria de 10% na potência máxima e mais 15% de binário na gama média, aumentando a velocidade máxima e a tração a baixa e média rotação.

O novo quadro e braço oscilante da CRF450R atual, modelo que levou Tim Gajser a vencer o campeonato de MXGP em dois anos consecutivos, 2019 e 2020, foram otimizados em termos de equilíbrio de rigidez e geometria, suportados pelas novas suspensões Showa com novas válvulas, o que melhora a capacidade de curvar, a maneabilidade e a própria capacidade de pilotagem.

A componente ciclística é toda nova. Concebidas com recurso às tecnologias CFD de Dinâmicas de Fluxo simuladas em Computador (Computational Flow Dynamics), as tampas do radiador agora são feitas de uma só peça de plástico e possuem uma nova ventilação inferior para melhorar o fluxo de ar para este importante componente. O banco renovado está agora mais curto, mais leve e 10 mm mais baixo atrás, ajudando à liberdade de movimentos do piloto.

A CRF250RX de 2022 tira partido das mesmas atualizações que a sua irmã de motocross, mas possui mapas de injeção específicos para melhorar as performances de enduro, um depósito de plástico com capacidade para 8 litros de combustível no lugar do depósito de titânio de 6,3 L da CRF250R, um descanso lateral em alumínio forjado e novas proteções nos punhos, tudo de série.

As CRF250R e CRF250RX de 2022, em conjunto as CRF150R, CRF125F, CRF110F e CRF50F de menor cilindrada seguem na esteira das CRF450R e CRF450RX de 2021 e possuem uma componente gráfica totalmente renovada e vermelha.

Fonte: Nota de Imprensa / Honda Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here