2021 não começou da melhor maneira para o turismo e mais de seis meses após o início do ano não é certo o momento da retoma, por isso notícias como a que recebemos, deixam-nos honrados e contribuem fortemente para recuperarmos forças face a este tão difícil momento para todos.

Desta vez, o Dark Sky® Alqueva trouxe para Portugal o troféu de Europe’s Leading Tourist Destination 2021, do Global 100. É mais um reconhecimento que contribui para fortalecer o Dark Sky® Alqueva, o seu território, a sua Rede de Parceiros Oficiais e a Rede Dark Sky® Portugal. A importância dos destinos rurais e de natureza, cuja base de trabalho assenta na sustentabilidade mas também na diferenciação e inovação, já tinha saído reforçada em 2020 mas face ao contexto atual, o seu papel é ainda mais fundamental para a retoma do turismo. A pandemia acabou por acentuar e acelerar tendências que já estavam a emergir desde 2017.

Sentimo-nos muito honrados por podermos contar com mais esta distinção e por voltarmos a ser distinguidos pelo Global 100. O ano de 2020 já tinha sido um marco no reconhecimento do trabalho de médio e longo prazo, muitas vezes invisível, mas sem dúvida fundamental para a implementação do Dark Sky® Alqueva. E por isso, sentir que continua a merecer mais reconhecimentos dá-nos, sem dúvida, ânimo para continuar a trabalhar com todas as nossas forças em prol do desenvolvimento sustentável.

E reforçamos a nossa convicção, que numa altura em que os destinos mais sustentáveis estão a ganhar o seu espaço é fundamental apostar no posicionamento de Portugal como um destino internacional líder no Astroturismo pois, neste momento, já envolve cerca de 13.000,00 km2 certificados como Starlight Tourism Destination.

A Rede Dark Sky® Portugal conta assim com o Dark Sky® Alqueva, o primeiro Starlight Tourism Destination do mundo e o primeiro transfronteiriço, com o Dark Sky® Aldeias do Xisto e com o Dark Sky® Vale do Tua, cuja certificação ocorreu em 2019 e 2020, respectivamente.

Mais sobre o Dark Sky® Alqueva:

O Dark Sky® Alqueva é o primeiro destino de astroturismo português cuja criação remonta a 2007. Tendo por base o conhecimento adquirido que permitiu acreditar e apostar no astroturismo como uma importante tendência futura da procura turística, avançou-se em 2007 para o desenvolvimento de um destino sustentável em que o recurso céu noturno fosse o pilar da base de trabalho. Aliado ao desenvolvimento turístico sustentável, a nossa missão reside ainda em proteger o céu nocturno e com isso trabalhar com o objectivo de atingir valores próximo de zero, no que diz respeito à poluição luminosa.

Em 2011, o Dark Sky® Alqueva tornou-se o primeiro Starlight Tourism Destination do mundo e em 2018 o primeiro transfronteiriço. Integra 10 concelhos Portugueses, Alandroal, Barrancos, Évora, Mértola, Moura, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Serpa, e 13 municípios Espanhóis, disseminados por 9.700,00 km2 em torno do Lago Alqueva.

A Rota Dark Sky® oferece diversas actividades de observação astronómica a olho nu ou com telescópios, que podem ser realizadas no Observatório Oficial Dark Sky®, na Cumeada, ou em qualquer zona do território certificado sempre guiadas por um Guia Dark Sky®. Para além destas actividades, foram desenvolvidas outras complementares que podem ser realizadas à noite mas também de dia, tais como passeios pedestres que combinam património e natureza, canoagem, yoga do Sistema Solar, passeios a cavalo, passeios e workshops fotográficos, passeios vínicos e provas de vinho normais e cegas,

team building, orientação, bird watching, wildlife watching, entre outras sob consulta. Das actividades que podem ser realizadas de noite, destacamos os workshops de astrofotografia privados ou em grupo, liderados pelo astrofotógrafo internacional Miguel Claro. Das experiências de carácter diurno, destacamos os passeios de barco pelo Alqueva, a pesca, o Sunset Dark Sky® com observação do sol através de telescópio solar acompanhado de aperitivo Gin Sharish ou Cocktail não alcóolico, e ainda o balonismo ao nascer ou ao por do sol. Estas são algumas das actividades mais procuradas mas a nossa equipa e os nossos parceiros estão sempre disponíveis para novas criações e desenvolvimento de programas por medida. Para conhecer as nossas actividades e a Rede de Parceiros Oficiais visite o nosso website www.darkskyalqueva.com. Só lá encontrará os parceiros oficiais.

Desde o final do ano passado que o Dark Sky® Alqueva tem vindo a introduzir melhorias, a diversificar a oferta de actividades e a aumentar a rede de parceiros locais, os quais estarão brevemente visíveis no website.

Dark Sky® Portugal:

O conceito Dark Sky® também tem crescido a nível nacional fruto de parcerias regionais, originado assim o nascimento do Dark Sky® Aldeias do Xisto em parceria com a ADXTUR e que integra 14 concelhos do universo das Aldeias do Xisto, e o Dark Sky® Vale do Tua em parceria com a ADRVT que integra 5 concelhos em torno do Parque Natural Regional do Vale do Tua. Estes dois destinos e o Dark Sky® Alqueva formam assim a Rede Dark Sky® PORTUGAL.

Mais sobre o Global 100:

O Global 100, consiste na valorização de empresas e indivíduos líderes mundiais, através dos votos recebidos dos seus leitores globais, em mais de 163 países. O objetivo do Global 100 é fornecer aos leitores uma compreensão abrangente das empresas que são verdadeiramente líderes nas suas áreas de especialização. O Global 100 não segue o processo habitual seguido por muitos outros. Segue um processo muito específico e abrangente, não comumente usado em outras partes da indústria. Após o encerramento do processo, que segue um formato muito rígido, as empresas são pré-selecionadas e selecionadas como vencedoras.

Para cada categoria premiada, um método proprietário de análise classifica os vencedores com base em seu trabalho nacional e internacional. Este método de classificação produz uma lista de empresas pré-selecionadas, com base em um conjunto de critérios muito abrangente.

Assim que todos os votos são recebidos, um painel de juízes analisa os votos em cada categoria. O processo de julgamento avalia as seguintes considerações:

  • A natureza estratégica do trabalho realizado.
  • A complexidade do trabalho realizado.
  • A escala do trabalho realizado.
  • Se o trabalho realizado foi feito em tempo hábil e dentro do orçamento.
  • Qualquer processo inovador ou inovador usado durante a conclusão do trabalho realizado.

O processo de avaliação concentra-se fortemente na complexidade e na importância estratégica do trabalho realizado. Os critérios acima enfatizam a importância do reconhecimento de cada vencedor ao tornar-se uma organização vencedora do Global 100, seja empresa ou indivíduo. Em resumo, o programa Global 100 fornece uma referência do que há de melhor entre os melhores líderes da indústria, equipas exemplares e organizações distintas.

Fonte: Nota de Imprensa / Dark Sky Alqueva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here