Mandada construir por D. João II, e classificada como Monumento Nacional, a Ermida de S. Brás, situada no Rossio de S. Brás, em Évora, irá beneficiar de obras de conservação que incidirão na cobertura, rebocos e caixilharias.

O projeto é da Direção Regional de Cultura do Alentejo, que também fiscalizará a obra, resultando de uma parceria com a Fábrica Paroquial de S. Brás.

O contrato para a empreitada foi já celebrado entre a Fábrica Paroquial de S. Brás e a empresa Construções Borges & Cantante, Lda., à qual foram adjudicados os trabalhos que arrancam a 3 de fevereiro, dia de S. Brás.  

Candidatada ao PORA – Programa Operacional Regional do Alentejo a intervenção é financiada pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e está validada por protocolo com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças.

O valor global da obra é de 83 093,80 € (oitenta e três mil e noventa e três euros e oitenta cêntimos), acrescido de IVA à taxa legal em vigor.

A Ermida de S. Brás constitui um importante símbolo da cidade de Évora sendo simultaneamente um espaço religioso de referência para a população eborense e para quem a visita.

Fonte: Direção Regional de Cultura do Alentejo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here