A Associação Eborae Mvsica realizou, em articulação com a Câmara Municipal de Évora, em Novembro e Dezembro, o XVI Ciclo de Concertos “Música no Inverno” uma atividade destinada a enriquecer a oferta cultural da cidade nos meses de inverno. O público acedeu ao Convento dos Remédios para usufruir dos momentos musicais tão raros nestes tempos de pandemia. A sala esteve quase sempre com a capacidade preenchida, comparando com a redução de lugares, imposta pela época de pandemia que atravessamos. Neste ciclo foram apresentadas, na sua maioria, obras dos secs XX e XXI.

O Ciclo encerrou no dia 13 de dezembro com o Concerto de Natal pelo Coro Polifónico “Eborae Mvsica” com acompanhamento ao piano por Ana Filipa Luz durante o qual para além de Canções de Natal se verificou a estreia da obra de João Nascimento – “Missa Nossa Senhora dos Remédios”, que foi muito aplaudida.

O ciclo iniciou-se no dia 14 de novembro com um Recital de Piano por Artur Pizarro que interpretou obras deVilla-Lobos; Ravel, Britten,. Prokofiev e que levou o público a aplaudir de pé e o pianista de exímia prestação a tocar mais uma peça.

No dia 21  “Os Músicos do Tejo”, com –Direção Musical e Cravo – Marcos Magalhães, Cravo- Marta Araújo, Oboé e Flauta de Bisel – Pedro Castro, Violinos- Álvaro Pinto e Nuno Mendes, Viola – Paul Wakabayashi, Contrabaixo – Pedro Wallenstein, ofereceram-nos “Uma viagem pelo Barroco Instrumental Europeu”, passando por Händel, Telemann, Dowland, Francisco António de Almeida e Rameau, muito do agrado do público; este concerto estava inicialmente previsto para o mês de Julho mas, devido à pandemia teve de ser adiado. Realizou-se às 11h00 também devido às restrições da pandemia.

No dia 22 apresentou-se oTrio de Clarinete, Violino e Piano por Clarinete – Rui Travasso, Violino – Rodrigo Gomes, Piano – Irene Renart que executou várias obras em estreia de Maria José Arenas-Martin, Pedro Faria Gomes, Jesús Torres  e uma de Luís Tinoco eu já tinha sido estreada que o público muito aplaudiu; realizou-se às 11h00 devido às restrições da pandemia.

Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, sob a direção de Nikolay Lalov, apresentou-se no dia 27 na execução de obras de  J. Turina, Dim. Schostakovich, E. Morricone, A. Piazzolla ,S. Azevedo e outros, que foram muito do agrado do público;

No dia 28 de novembro o KVAR Ensemble – Piano – Duarte Martins, Viola- Madalena Neto, Violino-Sara Llano, Violoncelo – Nuno Cardoso ; apresentaram-nos várias obras entre as quais O Espelho da Alma, op. 56 (2009), de Eurico Carrapatoso, que esteve presente e elogiou a interpretação realizada;

O Recital de Guitarra por Eurico Pereira, no dia 5 de dezembro foi muito aplaudido e obrigou o guitarrista a interpretar mais uma obra para além das obras do programa de Leo Brouwer, Lennox Berkeley, Eurico Carrapatoso , Fernando Lopes–Graça e Heitor Villa –Lobos.

O Recital de Flauta , Oboé e Clarinete  com Flauta – Mariana Moreira, Oboé- Maria Susete Afonso e Clarinete – Mário Vinagre realizado no dia 6 de dezembro, e que inicialmente estava previsto para julho mas teve de ser adiado devido à pandemia, também foi muito aplaudido nas suas interpretações de obras de Wolfgang Amadeus Mozart ,Ludwig Van Beethoven; Paul de Wailly e Malcolm Arnold;

A Organização foi da Associação Eborae Musica entidade financiada pelo Ministério da Cultura- DGArtes, com Co-Produção da Câmara Municipal de Évora, e apoio de: Diário do Sul, A Defesa, Registo, Antena 2, MPMP, e Rádio Diana.

Fonte: Eborae Musica / Nota de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here