No dia 29 de agosto, vai realizar-se, no concelho de Gavião, a iniciativa Cantares e Saberes. Esta ação de capacitação tem como objetivo sensibilizar para a prevenção de incêndios através das artes visuais e da música. Será promovida pela associação cultural e artística Panóplia, com o apoio da Câmara Municipal do Gavião, da União das Freguesias da Atalaia e do Gavião e ainda da Direção Regional da Cultura do Alentejo.

A Cantares e Saberes está integrada no projeto-piloto “Não Brinques com o Fogo!”, fruto de uma parceria entre a AGIF – Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais – e o Ministério da Cultura, conjuntamente com as respetivas Direções Regionais de Cultura, que implementam o projeto nas regiões definidas pela AGIF. O objetivo é valorizar o poder das artes no convite à reflexão sobre aspetos como as alterações climáticas e a proteção do ambiente.

A iniciativa inicia-se às 15 horas na Casa do Povo de Gavião, com um workshop de street art dinamizado pelo artista Effe. O street artist introduzirá o grupo de participantes às técnicas básicas das artes urbanas, centrando-se na temática das consequências florestais dos incêndios, para em conjunto finalizarem a pintura de uma parede, já começado pelo artista.

A partir das 21 horas a ação de capacitação Cantares e Saberes continua no Miradouro do Cruzeiro, com a sessão de abertura que contará com a participação do vice-presidente da Câmara do Gavião, António Severino; do presidente da União de Juntas da Atalaia e Gavião, Germano Porfírio; do comandante dos Bombeiros Voluntários de Gavião, Fernando Delgado; da diretora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, da representante da AGIF, Sara Otero; e ainda da CEO da consultora do setor artístico-cultural Partnia, Carla Branco. Nesta sessão será feita uma pequena introdução ao projeto-piloto e o enquadramento do tema do Cantares e Saberes: a sensibilização para a prevenção dos fogos e a importância da arte e da cultura na transmissão de mensagens de sensibilização.

Seguir-se-á a exibição do vídeo “Tempo de (Re)viver”, produzido por Francisco Leocádio, que reúne testemunhos de alguns dos residentes locais do concelho do Gavião que já combateram ou foram afetados pelos incêndios. Esta ação termina com o concerto do Pedro Vicente Trio onde, num ambiente intimista, os artistas apresentarão uma música produzida especificamente para o evento e farão o mote da mensagem de sensibilização.

A Cantares e Saberes cumprirá todas as regras de segurança e higiene, sendo obrigatório o uso de máscara em todos os momentos. Todas as atividades são abertas ao público, mas com limite de capacidade encontrando-se sujeitas a inscrição (no caso do workshop) ou a reserva e levantamento de bilhetes. Será possível fazê-lo através do link http://panoplia.eventbrite.com, na Junta de Freguesia de Gavião e Atalaia, na Biblioteca Municipal de Gavião e ainda através do número da biblioteca 241 639 071.

A Panóplia é uma associação sem fins lucrativos que procura empoderar os artistas emergentes em Portugal. O objetivo desta associação é mudar os preconceitos associados às carreiras criativas, ajudando os artistas a serem bem-sucedidos profissionalmente. Qualquer artista pode juntar-se a esta comunidade gratuitamente e contar com o apoio da associação para divulgar o seu trabalho e ajudar a encontrar oportunidades profissionais.

Nota de Imprensa

Fonte : DRCAlentejo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here